Acidente pirotécnico de James Hetfield uniu o Metallica como nunca, diz Jason Newsted

31 de janeiro de 2022

Imagem: reprodução/Youtube.

Em entrevista a Steffan Chirazi, editor do So What!, Jason Newsted refletiu sobre o recente aniversário de 30 anos do Black Album do Metallica e falou sobre o famoso episódio ocorrido durante um show de 8 de agosto de 1992. Na ocasião, em Montreal (Canadá), James Hetfield sofreu queimaduras no braço, mão, sobrancelhas, rosto e cabelo, em função de um efeito pirotécnico durante a execução da música “Fade to Black”.

“O acidente nos uniu de uma forma que, acredito eu, jamais aconteceria sem algo assim. James foi um heroi, cara. De verdade, ele foi um heroi. Sabe como aquelas queimadurazinhas de água quente de chaleira doem? O que ele teve foi no braço inteiro. Pense.”

Em relação à reação dos companheiros, e à própria, o ex-baixista do Metallica explicou:

“Ficamos desamparados. Kirk e eu ficamos malucos. Lars sequer entrava no camarim. Ficou apenas com uma toalha na cabeça. Kirk e eu tentamos parecer firmes. Ficávamos imaginando, imaginando, imaginando…”

Jason lembrou de como foi visitar Hetfield no hospital, e da impressionante força de vontade do frontman:

“Nós nem sabíamos direito se iríamos voltar a tocar com ele, outra vez. Ele estava tomando morfina ou qualquer outra merda dessas, mas ainda era o mesmo. Tinha a mesma iniciativa, o jeito durão, insistindo que voltássemos ao palco o quanto antes.”

Graças a essa resiliência, os companheiros se uniram mais do que nunca.

“Nos fechamos em função dele, em apoio a ele, na base do amor de irmão. Amor total de irmão. Ele ficar bom era mais importante do que qualquer outra coisa, mas aquela atitude imediata de ‘vamos lá, porra’ nos sensibilizou de verdade. Ele já estava de volta. Não teve nada de ‘coitadinho de mim’. Por causa disso, pelo fato de nosso líder ter demonstrado esse fogo todo, ficamos mais do que felizes em segui-lo como nunca seguimos antes. Eu sabia que teria de subir um degrauzinho e fazer algumas coisas a mais. Todos tínhamos consciência disso, e subimos esse degrau.”

 

hash track

Peça seu som e ouça no Hashtrack!

Exemplo:
Artista: Neil Young
Música: Rockin' In The Free World
#Esse som é muito marcante pra mim porque foi o primeiro que rolou na minha programação.

Aplicativo

Você pode ouvir a rádio Mundo Livre direto no seu smartphone.

Disponível no Google Play Disponível na App Store

2022 © Mundo Livre FM. Todos os direitos reservados.