Bicicletaria Cultural: financiamento coletivo

7 de novembro de 2016

O objetivo é a construção de novos banheiros, reformar vestiário e aumentar o espaço da oficina mecânica

Há  5 anos a Bicicletaria Cultural se concretizou como empreendimento central de apoio, fomento e discussão das questões de mobilidade e culturais. Reconhecida mundialmente por prêmios e menções, o projeto está em campanha de financiamento coletivo.

“Amplie a Colmeia da Bicicletaria Cultural”, pela Benfeitoria, precisa captar R$20 mil até 13/11 para fazer a reforma e instalação de banheiros, reformar vestiários, do espaço da oficina mecânica e estabelecer novas parceiras com empresas da região, estimulando desta forma a troca do carro pela bicicleta, especialmente na região central. Além dos serviços de locação, oficina e estacionamento de bicicletas, o espaço abriga uma extensa e variada programação de cursos, workshops e apresentações artísticas. A Benfeitoria, por sua vez, é uma plataforma de mobilização de recursos para projetos de impacto cultural, social, econômico e ambiental.  Quem contribuir para a campanha da Bicicletaria Cultural vai ganhar recompensas bacanas, como kit de cervejas artesanais; serviços de mecânica, estacionamento e até cursos de mecânica para empresas; posters da artista e designer gráfica Caroline Lemes.

Gerida pelo casal Fernando Rosenbaum e Patrícia Valverde e uma equipe de colaboradores ativada por projetos, a  Bicicletaria Cultural tem sede em região estratégica no centro de Curitiba, o que lhe permitiu não apenas assistir ao crescimento das ações pró ciclomobilidade em Curitiba, como participar ativamente de ações que mudaram a cara da região do São Francisco, no entorno do Centro Histórico da capital. O resultado foi o aumento da demanda que exige agora ampliações da infraestrutura para dar suporte aos usuários.

“Com localização estratégica, fomentamos um hub modal e o impulso de desafogar o centro de automóveis”, lembra Patrícia. “Aqui estão ações que costuram arte cultura e bicicleta para co-habitar uma área capaz de transbordar pra todo o resto da cidade e novos modos de deslocamentos. Aqui cultivamos as facilidades para ampliar o uso do carro, transporte coletivo e da bicicleta de forma estratégica, barata e ágil”, completa.

“Se atendemos uma média de 100 ciclistas/mês, sendo que 40% deles tem carro,  estimamos aproximadamente 300m² da área central livre de veículos e de 40Kg/mês de gases poluentes na atmosfera. Financeiramente, nossos usuários economizam  em torno de R$200,00/mensais em combustível, ou R$150,00/mês com transporte coletivo”, observa Fernando. “E promovemos o exercício da autonomia do ciclista: como o uso compartilhado das ferramentas para reparos simples que o próprio ciclista possa fazer, quando orientado. Assim, os ciclistas resolvem seus casos sem complicações e o custo é um colaboração espontânea”, completa Patrícia.

Serviço: www.benfeitoria.com/colmeia

 

hash track

Peça seu som e ouça no Hashtrack!

Exemplo:
Artista: Neil Young
Música: Rockin' In The Free World
#Esse som é muito marcante pra mim porque foi o primeiro que rolou na minha programação.

Aplicativo

Você pode ouvir a rádio Mundo Livre direto no seu smartphone.

Disponível no Google Play Disponível na App Store

2022 © Mundo Livre FM. Todos os direitos reservados.