Discos porretas: Harvest (Neil Young)

14 de fevereiro de 2022

(Capa de Harvest. Imagem: reprodução)

(Guilherme Mattar)

Neil Young já era um artista bastante respeitado quando, em fevereiro de 1972, lançou Harvest, seu álbum mais celebrado. Repleto de clássicos como “Heart of Gold”, “Old Man” e “The Needle and the Damage Done”, o disco fez de Young uma estrela sobretudo nos Estados Unidos, capturando a alma do country rock cada vez mais ouvido pelo público de lá.

Este enorme sucesso – Harvest foi o full length mais vendido na temporada 72, em solo ianque – também teve efeito negativo sobre o cantautor. Ele se sentiu desconfortável, logo percorrendo caminhos mais pesados para superar o tédio que sentia durante a vida na estrada.

O álbum ganhou notoriedade, ainda, por três outros fatos: a produção luxuosa (parceria de Neil Young, Elliot Mazer, Henry Lewy e Jack Nitzsche), a futura resposta que o Lynyrd Skynyrd daria à faixa “Alabama” no hit “Sweet Home Alabama” e a dedicatória dada a Carrie Snodgress. Neil chegou a viver com a atriz por alguns anos e várias canções de Harvest fazem referência à relação, notadamente “A Man Needs a Maid”, “Heart of Gold,” “Harvest” e “Out on the Weekend”.

hash track

Peça seu som e ouça no Hashtrack!

Exemplo:
Artista: Neil Young
Música: Rockin' In The Free World
#Esse som é muito marcante pra mim porque foi o primeiro que rolou na minha programação.

Aplicativo

Você pode ouvir a rádio Mundo Livre direto no seu smartphone.

Disponível no Google Play Disponível na App Store

2022 © Mundo Livre FM. Todos os direitos reservados.