Flea pensou que “tudo tinha acabado” quando John Frusciante saiu do Red Hot Chili Peppers, em 2009

23 de novembro de 2021

Imagem: reprodução/Youtube

Em trecho de entrevista da época em que Josh Klinghoffer ainda era o guitarrista do Red Hot Chili Peppers, disponível no Youtube, Flea revelou que a banda poderia ter encerrado suas atividades quando John Frusciante decidiu deixar o grupo pela segunda vez, em 2009.

De acordo com o baixista, apesar de musicalmente tudo ir bem, “as coisas não estavam fluindo” na época em que John optou por sair:

“Eu me lembro de pensar, em meus momentos de meditação, que, se o John saísse, eu não iria querer continuar. Seria ridículo continuar sem ele. Quando ele disse: ‘Pra mim chega’, meu primeiro pensamento foi: ‘É isso, não tem como continuarmos.’

“Mas depois, lá no meu âmago, senti algo a mais. Senti que amo de verdade a banda. Eu amo muito o Anthony [Kiedis]. Às vezes, algumas coisas são divinas. Você não consegue, na verdade, dar uma expressão lógica a essas coisas. Temos um senso de família e profundidade – todos nós, o Chad [Smith] também.

“Começamos a tocar quando éramos jovens. Sou muito grato.”

Após a segunda partida de Frusciante, o Red Hot lançou dois álbuns com Josh Klinghoffer: I’m with You, de 2011, e The Getaway, de 2016. E, atualmente, está se preparando para um novo disco, o primeiro da terceira passagem de John.

hash track

Peça seu som e ouça no Hashtrack!

Exemplo:
Artista: Neil Young
Música: Rockin' In The Free World
#Esse som é muito marcante pra mim porque foi o primeiro que rolou na minha programação.

Aplicativo

Você pode ouvir a rádio Mundo Livre direto no seu smartphone.

Disponível no Google Play Disponível na App Store

2021 © Mundo Livre FM. Todos os direitos reservados