Frampton Comes Alive! O disco duplo de Peter Frampton que mudou a história dos álbuns ao vivo

6 de janeiro de 2022

Capa de Frampton Comes Alive! Imagem: reprodução

(por Guilherme Mattar)

Em 6 de janeiro de 1976, Peter Frampton escreveu um importante capítulo na história da música ao lançar, nos EUA, o álbum duplo ao vivo Frampton Comes Alive!

O disco rapidamente viraria um dos mais vendidos da história naquele país, consagrando o cantor e guitarrista com hits do quilate de “Show Me the Way”, “Baby, I Love Your Way” e “Do You Feel Like We Do”.

Não só a vida de Frampton mudaria, com o músico virando um superstar, mas também as atenções em torno dos LP’s ao vivo ficariam mais aguçadas. Se Alive, comercializado pelo Kiss um ano antes, já tinha mostrado que gravar shows era importante, foi o estupendo êxito comercial de Frampton Comes Alive! que de fato sedimentou a cultura dos lançamentos capturados durante apresentações.

A utilização do talk-box, ferramenta que fazia a guitarra “falar” durante “Show Me the Way”, então, virou febre por conta de Peter. Ele levou outros grupos de relevo a experimentarem com a iguaria não muito depois do botar o disco duplo na praça. E se, dez anos depois, em 1986, o Bon Jovi fez enorme sucesso com o artefato no hit “Livin’ on a Prayer”, muito disso teve a ver com Frampton Comes Alive!

E aí? Bora voltar à década de 1970 e curtir a obra clássica de Peter Frampton?

hash track

Peça seu som e ouça no Hashtrack!

Exemplo:
Artista: Neil Young
Música: Rockin' In The Free World
#Esse som é muito marcante pra mim porque foi o primeiro que rolou na minha programação.

Aplicativo

Você pode ouvir a rádio Mundo Livre direto no seu smartphone.

Disponível no Google Play Disponível na App Store

2022 © Mundo Livre FM. Todos os direitos reservados.