Kiss: o forte álbum de estreia de uma banda ambiciosa e destinada ao sucesso

18 de fevereiro de 2022

(Capa de Kiss. Imagem: reprodução)

(por Guilherme Mattar)

Em 18 de fevereiro de 1974, o Kiss lançou seu álbum autointitulado de estreia.

Repleto de músicas que fariam sucesso junto aos fãs com o passar do tempo – incluindo “Strutter”, “Nothin’ to Lose”, “Deuce” e “Black Diamond” -, o disco não causou impacto comercial significativo quando saiu. Mas, à medida que o grupo foi se consolidando, graças ao sucesso vindouro de Alive! Destroyer, seu debute transformou-se num dos full lengths mais importantes da história dos rapazes maquiados.

Posto no mercado pelo selo Casablanca, bem ao sabor das bandas iniciantes na arte das gravações, Kiss foi gravado rapidamente, e em questão de semanas estava todo mixado. Ainda que tenha sofrido críticas por pretensamente não captar a energia dos caras no palco, o álbum ficou marcado por um som bastante direto, ao gosto do roqueiro que hoje quiser escutá-lo.

O sucesso financeiro viria depois. Esteticamente falando, porém, o disco de estreia do Kiss já mostrava o conjunto no caminho certo para estourar, dentro de alguns anos. E a capa, aludindo à clássica fotografia do LP With the Beatles, dos Beatles, atestava o quanto de ambição a banda já tinha desde o princípio de sua carreira.

hash track

Peça seu som e ouça no Hashtrack!

Exemplo:
Artista: Neil Young
Música: Rockin' In The Free World
#Esse som é muito marcante pra mim porque foi o primeiro que rolou na minha programação.

Aplicativo

Você pode ouvir a rádio Mundo Livre direto no seu smartphone.

Disponível no Google Play Disponível na App Store

2022 © Mundo Livre FM. Todos os direitos reservados.